Visão



A montanha escondida
sob  a névoa. A neblina fecha
a vista. Reviso a matéria
ainda pulsante.

Memorizo igualitariamente
o sucesso e o fracasso.

Do sucesso estudo
o início. Do fracasso
conservo a névoa
toldada na visão
do artista.


........................
* Poema constante de Iguais: poemas (Projeto Passo Fundo; 2013) - Clique (AQUI).

_______________
* Pedro Du Bois [Passo Fundo-RS, Brasil] - Poeta, contista, autor de Iguais (poemas), O senhor das estátuas (poemas), Os objetos e as coisas (poemas) Pedro Du Bois Em Contos (contos). Participa do Projeto Passo Fundo (http://www.projetopassofundo.com.br/), é membro da Academia Itapemense de Letras e do Clube dos Escritores de Piracicaba. Mantém o blog Pedro Du Bois - Poemas (http://pedrodubois.blogspot.com.br/) e reside atualmente em Balneário Camboriu-SC, Brasil.
_________________

Comentários

  1. Meu bom amigo Webster, o que dizer sobre a sua generosidade? Grato, agradecido? Isso você já sabe de cor e salteado. Pelo menos, posso repetir, não? Gratíssimo pela sempre deferência e companhia. Abraços (ainda dois mil e quatorze). Pedro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou grato, Pedro, pelas possibilidades que os teus poemas me dão e pela tua generosidade. Forte abraço!

      Excluir

Postar um comentário