Diana


Quando,
por entre nadas,
flutuações: noite.

Vida que,
sem preço,
ata-se apenas à liberdade.

Silêncio.
Toda flor sonha.


│Autor: Webston Moura
____________________

Comentários